Dior: We Should All be Feminists

dior-feminist

O mês de Setembro é conhecido por ser o mês dos desfiles, onde todas as novas tendências são apresentadas ao público em vários lugares do mundo, como NY, Milão, Londres e claro, Paris ❤ A Dior foi uma das grandes marcas que apresentou sua nova coleção na capital francesa. Com a saída de Raf Simons, quem assumiu foi Maria Grazia Chiuri. Grazia trabalhou na Valentino por 17 anos, sendo os últimos 8 como co-diretora criativa e, agora, está em um dos cargos mais desejados do mundo da moda. Ah! E pasmem: ela é a primeira estilista mulher da marca, em todos os seus 69 anos de existência. Isso sim é que eu chamo de girl power.

dior-maria-grazia

Grazia com o co-diretor criativo da Valentino, Pier Paolo Picciolo

O desfile foi repleto de novidades que mostram que Grazia veio para ficar e está trazendo todo seu empoderamento com ela! Usando gritos do movimento feminista na trilha sonora e nas camisetas, ela fez sua estreia, explorando um jogo de antagonismos entre o feminino e o masculino, misturando muito dos seus elementos e inspirando-se na esgrima, que possui um uniforme unissex, na primeira parte do desfile.

dior-revolution

Essas camisas prometem ser os novos hits, e ainda é uma forma muito massa de mandar uma mensagem super importante. Tá vendo? Quem disse que moda e feminismo não podem andar juntos?

dior-saia

Esse look todo foi direto pra minha wishlist, me apaixonei pela saia ❤

dior-bees

As abelhinhas são símbolos da marca masculina e, agora, também estão na feminina.

A coleção também tem um lado ligado ao zodíaco, estrelas e tarô, lembrando ao criador da marca, Christian Dior, conhecido por ser bem supersticioso. Inclusive, um trend alert pra vocês: as clutches de tarô tem tudo pra bombar.

dior-top

A maison francesa explorou logos e palavras ligadas ao seu repertório em elásticos que estavam em tops e sapatos, com dizeres como J’dior 

dior-bag

Uma bolsa desejo que já foi direto pra minha wishlist é essa ai, mistura um aspecto meio vintage com uma alça grossa, bem característico do comecinho da marca, com algo mais moderno, amei, amei ❤

No final, Grazia abordou um aspecto mais sonhador e romântico e conseguiu criar um diálogo com uma mulher ativa, mas que ao mesmo tempo não perde a delicadeza.

dior-vestidos

AMEI a estreia de Grazia e já estou ansiosa para as próximas coleções. E vocês? Curtiram? Digam ai o que acharam da primeira coleção assinada pela primeira mulher estilista da Dior!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s