Moda e empoderamento: 8 vezes Elle

landscape-1476122827-elle-women-in-hollywood-2016

A Elle norte-americana produziu 8 capas nessa edição de novembro, o mês dedicado à atrizes de Hollywood que estão em destaque no momento. De uma forma geral, são 8 mulheres representando todas as mulheres do mundo. Algumas já estamparam a capa da revista, como Kristen Stewart e Lupita Nyong’o (nessa edição elas vestiram, respectivamente, vestidos Chanel e Dolce and Gabbana).

Kristen Stewart, com todas as produções cinematográficas que vem estrelando, voltou aos holofotes. Mas, o que de fato vem fazendo a queridinha de Karl Lagerfeld ser uma das mulheres que nos representa nesse momento, é a sua auto confiança. Sua vida amorosa voltou aos sites de fofoca quando a atriz assumiu um relacionamento com Alicia Cargile, e ela falou sobre isso na nova edição: “Eu não me sinto envergonhada e não estou confusa. As coisas mudaram, e não foi só eu. Nos permitimos tomar coragem para aceitar um novo desenvolvimento das coisas e sermos incríveis”. Isso é que eu chamo de girl power! ❤

Lupita Nyong’o é uma das mulheres que melhor representa a mulher negra. Ainda vemos muito pouco do poder feminino negro presente na indústria cinematográfica e, com Lupita, barreiras foram quebradas. A jovem ganhou um Oscar com pouquíssimo tempo de carreira e tornou-se um exemplo ainda mais forte quando revelou que um agente disse à ela que sua pele era muito escura para aparecer nas telinhas. “Eu assistia a televisão e só tinham pessoas de pele clara dentro dela. E agora eu tenho uma plataforma que me leva para dentro das casas das pessoas por meio das páginas de suas revistas”, disse a atriz para a revista. Além de ser  extremamente talentosa, a garota abraçou suas raízes africanas e tem mostrado a beleza das suas origens através das roupas que vem usado.

Helen Mirren sempre foi um símbolo contra o sexismo na televisão e já falou abertamente sobre o preconceito que sofreu no passado. Uma das mulheres mais poderosas de Hollywood está de trench-coat de vinil da Trademarket e falou sobre a surpresa de sua carreira durar por tanto tempo: “Eu acho que é uma sortuda combinação de elementos, e não apenas por me apaixonar por um americano nos meus trinta e poucos anos, que atualmente é meu marido (o diretor Taylor Hackford). Embora eu ainda me sinta totalmente britânica, eu sempre estive aqui em Los Angeles, portanto estive visível esse tempo todo”.

Amy Adams, que vestiu Calvin Klein, fez parte do filme “Arrival”. A produção ainda nem lançou, mas já promete dar à atriz, pelo menos, uma indicação ao Oscar. Amy admite que, no começo da carreira, cometeu um erro muito comum de tentar imitar outras atrizes, ao invés de criar sua própria personalidade nos seus trabalhos: “Eu passei a maior parte dos meus 20 anos tentando entender quem eu era, e onde eu me encaixava, não apenas em Hollywood, mas no mundo. Demorou um tempo pra meio que encontrar a minha própria voz”. Amy mostrando que é gente como a gente!

Anna Kendrick também vestiu Calvin Klein. Muito irônico pensar que depois de tantos filmes incríveis que a atriz já participou e as indicações à prêmios super prestigiados, ela começou em “Crepúsculo”. Sorte? Claro que não. A gente chama isso de talento e perseverança!

Aja Naomi King, que também vestiu Calvin Klein, participou de muitas séries de sucesso, mas é conhecida de verdade como Michaela, em How To Get Away With Murder. A atriz que despontou na série, com apenas 31 anos tem ao seu lado duas grandes mulheres como fonte de inspiração: Shonda Rimes e Viola Davis.

Kathy Bates, de American Horror Story, foi confirmada para a nova temporada da série. Ela revela que não foi apenas o desejo de ser famosa, mas também a vontade de contribuir com projetos mais profundos que a levou ser uma ótima atriz.

Felicity Jones foi a mais diferente, usando camisa Burberry com calça Dolce & Gabbana. Ela está no próximo filme de Star Wars, Rogue One: Uma História de Star Wars. A atriz tem como um dos seus modelos profissionais Helen Mirren, que também estrela umas das capas da revista.

Digam ai se não é muito girl power pra uma revista só? Amamos? Amamos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s