Ronaldo Fraga denuncia transfobia em desfile da SPFW

Nesse SPFW tivemos outro desfile que chamou atenção por trazer diversidade para a passarela. O desfile-manifesto de Ronaldo Fraga, no Teatro São Pedro trouxe apenas mulheres transexuais, incluindo Valentina Sampaio, que chamou atenção no desfile da À La Garconne.

No começo, uma gravação com a voz do mineiro ecoou pelo teatro explicando o significado da apresentação: “O corpo aprisiona, e as roupas libertam o ser“. Todas as modelos usavam vestidos praticamente iguais, mudando apenas as estampas, inspiradas em bonecas de papel.

Brazilian designer Fraga reacts next to transsexual models at the end of the presentation of his collection during Sao Paulo Fashion Week in Sao Paulo

A história toda não está mais nas roupas e sim em quem as veste“, disse Fraga, lembrando que o Brasil é o pais onde mais ocorrem assassinatos de travestis e transexuais no mundo, segundo o relatório da ONG internacional Transgender Europe.

No encerramento, elas voltaram ao palco usando apenas calcinha e sutiã pretos. “Estamos em tempos de guerra. Minha forma de protesto é essa. Nós não precisamos mais de roupas. A moda precisa começar a dialogar em outras frentes“.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s